Bicicleta Ergométrica Emagrece

Que todos conhecem os benefícios para a saúde física e mental que os exercícios físicos fornecem tudo bem, mas praticá-los é outra discussão.

Seja desde a desculpa de não ter tempo, dinheiro para frequentar academias ou até mesmo a mais pura falta de vontade, manter o corpo funcionando é obrigatório para quem quer ter saúde e bem-estar. Uma rotina diária de qualquer atividade dará ao corpo equilíbrio para permanecer-se ativo.

O Guia Alimentos para Emagrecer!

Coloque seu e-mail e receba gratuitamente o Guia

Quem não curte academias ou simplesmente mora em um local onde acredita ser impossível praticar exercícios físicos ao ar livre com uma bicicleta comum, pode pensar em adquirir uma bicicleta ergométrica.  Essa apareceu como uma opção para quem prefere evitar ambientes cheios e barulhentos e praticar uma atividade no conforto de sua casa.

Encontrado também em todas as academias, muitos se questionam: a bicicleta ergométrica emagrece?

Vantagens e desvantagens da bicicleta ergométrica

Um ponto de comum acordo na aquisição de uma bicicleta ergométrica é que, depois de algum tempo, ela é esquecida em um quanto qualquer do cômodo de sua casa.

A busca pelo corpo considerado “perfeito” pela mídia e padronizado em diversos países, fizeram com que cada vez mais pessoas buscassem a compra do aparelho para poderem exercitar-se dentro de casa.

Por mais que a esteira seja um outro excelente produto para emagrecer – até mesmo melhor que a bicicleta ergométrica –, a bicicleta é menor, com preço mais acessível e (alguns acreditam) ser bem mais divertida de usar.

Em relação a esteira, a bicicleta ergométrica tem as seguintes vantagens:

  • Estimula uma maior quantidade de músculos; e
  • Não estressa ossos e articulações;

Por si só, a bicicleta ergométrica (assim como qualquer outro aparelho de exercício físico) pode:

  • Aumentar a autoestima;
  • Dar maior disposição;
  • Dar mais ânimo;
  • Aliviar o estresse;
  • Fortalecer a resistência física; e é claro,
  • Promover a perda de peso.

Sabe-se que pedalar é um exercício aeróbico eficiente para a busca em melhorar o condicionamento físico, assim como eliminar aquele peso e gorduras indesejados.

Assim como existem aparelhos que gastam mais calorias que a bicicleta ergométrica, ela promove a saída do sedentarismo, e traz divertimento para quem gosta de pedalar.

Contudo, existem alguns erros que indivíduos cometem ao praticar essa atividade.

Bicicleta Ergométrica Emagrece?

Posicionamento errôneo

Não calcular a altura ideal para a prática da atividade pode trazer consequências aos quadris, costas e joelhos. O recomendado é procurar sentar-se na bicicleta e apoiar o calcanhar no pedal para ver qual é a altura necessária, assim como notar a distância do selim com o guidão, para não forçar as costas ao ter de se dobrar muito para segura-lo.

Spinning

Algumas pessoas procuram começar a praticar spinning em casa sem nunca ter tido contato com a prática. Vale lembrar que ela é feita em turmas em academias e sempre há o acompanhamento de um preparador físico.

Existem riscos de lesões na hora do exercício em casa, principalmente se a pessoa não possuir conhecimento em realizar alongamentos previamente. Além de exigir muito preparo físico, o spinning deve depender do ritmo da pessoa, portanto, não pode-se simplesmente começar a praticar de uma intensidade qualquer.

Carga de peso

Outras pessoas costumam praticar a pedalada sem qualquer carga de peso. Isso pode lesionar os joelhos e – se já existem lesões – podem intensifica-las, causando prejuízos permanentes no corpo, principalmente nas articulações da coluna e tornozelos.

A carga ideal para cada um depende do peso do aparelho e o próprio condicionamento da pessoa. Seria interessante a opinião de um educador físico para melhores resultados.

Emagrecendo com a bicicleta ergométrica

Sendo a atividade física fundamental para o funcionando e saúde do organismo, aliando-se a uma dieta equilibrada, a bicicleta ergométrica virou um equipamento comum em residências, pela fácil execução e que não induz ao tédio.

A dica é não começar a pedalar loucamente, mas sim iniciar aos poucos para que o seu próprio corpo se acostume com o exercício. Deve-se sempre impor limites, intervalos e acima de tudo, divertir-se praticando.

Começar devagar, intercalar com intervalos adequados, ingerir bastante água, alimentar-se bem são o pontapé inicial para emagrecer usando a bicicleta ergométrica.

Outra ideia é procurar por vídeos disponíveis online que apresentam treinos diferenciados, com cargas e tempos distintos para fornecer resultados interessantes.

Leave a Reply