Comer pouco não emagrece!

Hoje em dia, quando se fala em emagrecer, a reação de todas as pessoas é automática, “vou começar a comer menos”, e logo se inicia uma jornada de comer muita salada.

Diminuir o restante dos alimentos nas refeições, porém existem dois problemas ocasionados por este tipo de atitude.

Porém, após emagrecer , muita gente para e engorda de novo, e muitos outros começam a passar mal e param a dieta.

Porém no artigo de hoje eu vou te contar um jeito de fugir desses dois problemas e emagrecer de verdade e com saúde.

Por que comer pouco não emagrece

O primeiro, é que cortar diversos alimentos que seu corpo está acostumado faz com que você perca energia, e então começará a sentir mais fome, uma vez que diminuiu o combustível de seu corpo.

E em função disso você se sentirá fraco e sem vontade para se exercitar, tornando todo o processo ainda mais doloroso. E pouco eficaz.

O segundo problema, é que seu corpo com o tempo se acostumará com a quantidade de energia que está recebendo e começará a cortar a quantidade de energia que se gasta.

Logo, diminuindo bastante as calorias consumidas durante o dia.

Já vi muita gente sofrer desmaios, tonturas, criar pedras no rins devido a mudanças alimentares e dietas sem tomar o devido cuidado.

O problema do sobrepeso está em todo lugar

Com isso, você comerá menos e emagrecerá no início, porém logo o efeito passará e você perderá cada vez menos peso, além disso, terá que passar fome e sentirá fraco no processo.

Quando parar de emagrecer, o sacrifício alto fará com que você fique desmotivada e por fim você voltará a comer como comia antes.

E daí entra o efeito sanfona.

Isso já aconteceu com a maioria de nós, e muitas vezes acabamos engordando mais e ficando mais pesadas do que quando começamos o desafio de emagrecer.

Nos últimos números do IBGE estima-se que 51% das mulheres estão com sobrepeso em todo Brasil.

Emagrecer é possível, mas somente com uma alimentação estratégica

Não estou dizendo que emagrecer não seja possível, apenas que comer menos é o pior caminho para tal, o caminho mais sofrido e que traz resultados apenas de início.

Fora, o enorme risco para sua saúde!

O jeito correto de alimentar-se para emagrecer é ser estratégico com os alimentos que você consome e criar hábitos que aceleram seu metabolismo.

Existem alimentos, pouco calóricos, que saciam a fome e dispõe das vitaminas necessárias, enquanto existem alimentos que são campeões em acumular gordura em seu corpo e não permitir que você gaste a energia.

Por isso o conceito de alimentação estratégica é o melhor caminho para emagrecer.

Eu ouvi falar desse conceito pela primeira vez no livro Emagreça com o Dr. Rocha. E que faz todo o sentido.

Por exemplo, alimentos ricos em açúcares fazem com que suas células acumulem mais energia no corpo e gaste menos.

Enquanto alimentos diuréticos acabam a retenção de líquidos, fazendo desaparecer o inchaço e você automaticamente parecer mais fina.

Acelere o metabolismo para emagrecer

Mas o que realmente faz você emagrecer e gastar a energia que está guarda em formato de pneuzinhos em seu corpo são os alimentos capazes de acelerar seu metabolismo como mostrado no livro.

Manter o metabolismo acelerado é o principal fundamento para que você realmente queime a gordura acumulada, métodos que não seguem este princípio são muito mais sofridos e difíceis.

Os resultados que eu e as pessoas que conheço tiveram com este método foram mais satisfatórios e duradouros, sem efeito sanfona.

Agora você sabe que é possível emagrecer sem cair na armadilha de comer pouco, que não funciona.

O método ensinado pelo Dr. Rocha é muito bom e foi desenvolvido por um médico, justamente pra que você possa emagrecer com saúde.

Leave a Reply