Dieta para Diabéticos: A Alimentação Saudável a seu favor

A obesidade é uma doença que vem crescendo cada vez mais entre a população de qualquer parte do mundo.

Ela vem acompanhada de outras doenças como o diabetes. O diabetes é uma doença crônica que não tem cura, mas sim tratamento.

O Guia Alimentos para Emagrecer!

Coloque seu e-mail e receba gratuitamente o Guia

Um dos principais tratamentos vem através da dieta para diabetes. Trouxemos as melhores informações para você aprender a conviver com o diabetes e ganhar muito mais qualidade de vida.

O que é o diabetes:

Antes de saber como funciona a dieta para diabetes é importante saber o que é esta doença e como ela se desenvolve.

O diabetes ocorre pela deficiência do pâncreas em produzir insulina e na diminuição das respostas das células do corpo à ação da insulina.

Com isso a glicose (menor porção de açúcar) responsável por fornecer a energia para o corpo não é absorvida pelas células e são excretadas através da urina.

Ou acaba ficando acumulada na corrente sanguínea levando à glicemia que é a concentração de glicose no sangue.

O resultado é a falta de energia para o seu corpo.

A glicose fica no sangue mais não consegue ser aproveitada.

Os diferentes tipos de diabetes:

O diabetes pode ser:

  • Do tipo I
  • Tipo 2
  • Diabetes gestacional.

Diabetes tipo 1: É uma doença auto-imune. Nele o sistema imunológico ataca as células do pâncreas.

Aos poucos as células do pâncreas vão morrendo e já não conseguem produzir insulina ou não produz em quantidade suficiente.

Neste caso o tratamento é através da aplicação diária de insulina.

Diabetes tipo 2: Este é um dos mais comuns, cerca de 90% da população sofre com este tipo.

Alguns fatores estão associados à ocorrência da doença como:

  • Avanço da idade
  • Obesidade
  • Histórico familiar
  • Diabetes gestacional

Devido a estes fatores ou a combinação de vários deles a pessoa desenvolve a resistência à insulina.

O pâncreas até consegue produzir a insulina em quantidade suficiente, mas as células do corpo por motivos desconhecidos não consegue absorver.

Como o passar dos anos a insulina vai diminuindo cada vez mais e a glicose não consegue ser utilizada como fonte de energia.

É um tipo de doença silenciosa, por isso é muito importante fazer um acompanhamento médico periodicamente, para um diagnóstico mais rápido.

Quanto mais rápido o diagnóstico mais rápida a intervenção.

Assim o diabético ganha a chance de conviver bem com a doença sem prejuízos para a saúde.

O diabetes gestacional:

É quando a doença aparece somente durante a gestação podendo desaparecer logo após o parto.

Também pode evoluir para o diabetes tipo 2.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o que é a doença e como ela funciona vamos à dieta para diabetes.

É um dos principais recursos que o diabético tem para conseguir estabilizar a doença e conseguir viver com mais qualidade.dieta-para-diabeticos

 

Como é a dieta para diabetes?

Quando se tem o diagnóstico do diabetes a primeira coisa que vem a cabeça é:

”E agora o que comer”? “Vou ter que fazer uma dieta restritiva a partir de agora”?

A boa notícia é que mesmo com a doença você pode comer de tudo.

Mantendo uma dieta equilibrada como qualquer outra pessoa deve ter.

Distribuição dos alimentos

Tanto é que a distribuição é a mesma sendo:

  • 10 a 20% do valor calórico total da dieta deve corresponder às proteínas.
  • 50 a 60% dos carboidratos deve corresponder aos carboidratos.

Esta porcentagem varia de acordo com a necessidade de cada um.

Dentro desta distribuição o segredo está na escolha das fontes de carboidratos certas.

Na dieta para diabetes é importante consumir os carboidratos de baixo índice glicêmico.

O que diferencia este tipo de carboidrato é a velocidade com a qual eles são absorvidos em relação aos carboidratos simples.

Por serem ricos em fibras caem mais devagar na corrente sanguínea evitando assim os indesejáveis picos de glicose.

O ideal para manter uma dieta para diabetes equilibrada é consumir de 20 a 35 gramas de fibras ao dia.

Além de ajudarem no controle da glicemia atuam no controle do colesterol e do triglicérides sanguíneos.

Exemplo de alimentos com baixo índice glicêmico para compor a sua dieta para diabetes:

  • Cenoura crua
  • Soja
  • Iogurte desnatado
  • Grão de bico
  • Batata-doce
  • Leite desnatado
  • Ervilha fresca
  • Espaguete integral
  • Maçã
  • Pera
  • Aveia
  • Lentilhas

Gorduras: A distribuição de gorduras deve ser:

  • – 7% de gorduras saturadas
  • – 10% de polinsaturadas
  • – 20% de monoinsaturadas

Uma dieta para diabetes rica em gorduras monoinsaturadas ajuda a manter o açúcar do sangue estabilizado.

Estão presentes em:

  • Peixes
  • Frutas oleaginosas
  • Azeite de oliva

Já existem estudos que comprovam que as gorduras monoinsaturadas diminuem a resistência à insulina.

Dica: Para o tratamento do diabetes tenha ao seu lado um nutricionista.

Este é o profissional mais capacitado para elaborar a dieta para diabetes ideal para você, adequando as quantidades e todo o plano alimentar de acordo com a sua rotina de vida.

Para seguir uma dieta para diabetes faça substituições inteligentes.

Por exemplo:

  • No café da manhã troque o cereal à base de farinha branca por um cereal integral sem açúcar.
  • Troque o leite integral pelo desnatado.
  • No almoço troque as carnes gordurosas pelo peixe ou frango sem pele.
  • Enriqueça a sua alimentação com verduras, legumes e grãos integrais.

Agora que você tem todas as dicas de uma dieta para diabéticos ideal tenha disposição para mudar seus hábitos para prevenir ou tratar-se desta doença.

Você só terá a ganhar! Se gostou das dicas não deixe de compartilhar!

Melhore você também a vida de outras pessoas ao seu redor.

Leave a Reply