Farinha de Maracujá Emagrece?

A farinha de maracujá já é velha conhecida de nutricionistas, nutrólogos e pessoas que buscam uma vida saudável a mais tempo. Embora este tema possa parecer novo para muita gente, os benefícios da farinha de maracujá foram estudados e comprovados já na década de 1990.

Em todos os alimentos, principalmente vegetais e frutas, os nutrientes não ficam divididos de forma igual em todas as partes do alimento. Geralmente as cascas das frutas e as sementes contém uma quantidade maior de nutrientes, vitaminas e minerais. Foi baseando-se neste conceito que especialistas criaram a farinha de maracujá. Este alimento é produzido a partir da parte branca da fruta, encontrada na casca, que é rica em vitamina B3, fibra pectina, ferro, cálcio e fósforo, a forma de preparação da farinha visa manter a maior quantidade de nutrientes possível.

O Guia Alimentos para Emagrecer!

Coloque seu e-mail e receba gratuitamente o Guia

Outra característica interessante da farinha de maracujá, é que ela pode ser uma opção de consumo para as pessoas com a doença celíaca, ou seja, quem possui intolerância a glúten, pois esta é uma das poucas farinhas do mercado que está 100% livre desta substância.

Farinha de Maracujá emagrece?

Agora a questão mais importante sobre a farinha de maracujá é se ela reamente emagrece. Sim a farinha de maracujá emagrece e vamos falar um pouco sobres os efeitos dela em nosso organismo e por que ela emagrece.

A frainha de maracujá contém pectina, essas substância é principalmente encontrada principalmente na  casca do maracujá e é um tipo de fibra. Como já falado em outros artigos, os alimentos ricos em fibras são potentes aliados na hora de perder peso.

Por ser rica em fibras, a farinha se transforma em um gel em nosso estômago capaz de aumentar a sensação de saciedade e fazer com que comamos menos durante o dia. Além disso, a pectina é capaz de reduzir a velocidade com que nosso organismo absorve a glicose também retardando a fome. Inserindo a farinha em nosso dia a dia podemos emagrecer de forma gradativa e com saúde.

Benefícios para saúde e a dieta

– A farinha de maracujá é muito rica em fibras e por isso seu consumo promove no organismo uma verdadeira limpeza. O consumo da dose diária recomendada facilitará o funcionamento do intestino e por consequência vai resultar no sumiço do inchaço e desconforto abdominal.

– As fibras também são grandes aliadas da saciedade. Isso mesmo, adicionar farinha de maracujá na sua dieta fará com que você sinta menos fome e sofra menos durante os períodos em que não estiver comendo.

– O consumo deste produto do maracujá faz com que o organismo produza uma quantidade menor de insulina, prevenindo a diabetes.

Consumo

Diferente de muitos produtos da moda relacionados com a perda de peso, a farinha de maracujá e seus efeitos já foram estudados por cerca de 20 anos e já existem pesquisas com dados concretos sobre efeitos e benefícios do consumo.

– Não existem contraindicações no consumo deste alimento, ele pode ser usado por qualquer pessoa e é uma opção maravilhosa para as pessoas que desejam cortar o glúten de suas dietas.

– Apesar de não ter contraindicações para o consumo, existe uma dose diária recomendada, o máximo de 30 gramas diárias. Por conter uma grande quantidade de fibras o consumo excessivo deste produto pode ter efeito laxante, provocando dores abdominais e diarreia.

– É possível acrescentar de uma a duas colheres de sopa rasas de farinha de maracujá nas três principais refeições diárias, ou em sucos e saladas de frutas.

Como fazer receita de maracujá

Apesar de a farinha ser encontrada facilmente em lojas especializadas e de produtos naturais, é bastante simples e barato produzi-la em casa. São necessários cerca de 4 maracujás amarelos de tamanho grande. Para desinfetar as frutas lave-as bem com água corrente e sabão. Depois deixe de molho os maracujás inteiros por 15 minutos em um litro de água, misturados a uma colher de sopa de água sanitária.

Enxágue bem, retire a polpa e separe a parte branca da casca para ir ao forno, cortada em tiras, por meia hora. O fogão deve ser pré aquecido por 10 minutos e colocado na potência média. O objetivo é que a parte branca da casca fique bem seca no forno, mas não torre, caso isto aconteça, muitos dos nutrientes serão perdidos. Depois disso, basta bater as cascas secas no liquidificador até o ponto de farinha

Gostou do artigo? Dê esta dica para seus amigos curtindo e compartilhando em suas redes sociais. Tem alguma experiência ou dúvida, utilize os comentários.

 

Leave a Reply