Ginástica localizada

Saiba tudo sobre ginástica localizada!

Fazer exercícios nem sempre está na lista de prioridades das pessoas, não é mesmo? Atualmente, a rotina acaba por atrapalhar os planos para visitar a academia ou mesmo fazer aquela corrida rápida pelo quarteirão, mas sabemos que praticar exercícios diariamente é a melhor forma de manter o corpo e a mente saudável.

Como vencer a falta de tempo, recursos e paciência para ir até a academia? E se a opção de corridas na rua não valer a pena por conta das calçadas esburacadas e da falta de segurança? Acredite se quiser, a ginástica localizada pode ser uma ótima opção para quem não tem tempo de visitar a academia e não gosta de fazer corridas na rua.

O Guia Alimentos para Emagrecer!

Coloque seu e-mail e receba gratuitamente o Guia

A ginástica localizada pode ser a melhor forma de se exercitar quando falta tempo, dinheiro ou espaço, pois ela pode ser feita em casa, sem o uso de equipamentos especiais. Além de práticos os exercícios localizados são ótimos para aumentar a resistência muscular e a elasticidade do corpo.

O que é ginástica localizada?

A ginástica localizada nada mais é do que uma série de exercícios que envolve a repetição de movimentos por várias vezes para trabalhar grupos musculares diferentes, como glúteos, coxas, braços e abdômen. Este tipo de exercício é ótimo para quem deseja tonificar certas partes do corpo e é o predileto entre as celebridades conhecidas pelas belas pernas e o bumbum empinado.

Benefícios

Praticada em ritmo acelerado a ginástica localizada queima muito mais calorias do que outros exercícios, como por exemplo a musculação, em uma hora de prática é possível queimar cerca 500 calorias. A perda de gordura também acontece de forma mais eficiente durante os exercícios localizados, pois eles aumentam muito a frequência cardíaca e o metabolismo.

ginastica-localizadaAlém da perda de peso, os exercícios localizados também são ideais para quem deseja aumentar algumas partes do corpo, isso mesmo, o tônus muscular significa que o músculo se fortaleceu e também aumentou de tamanho, por isso se o desejo é aumentar um pouco as coxas ou manter o bumbum no lugar os exercícios localizados são ideais.

Outra vantagem deste tipo de atividade física é a melhora da postura. Se praticada corretamente, a ginástica localizada pode deixar sua coluna mais saudável e ereta, além de ser uma grande aliada no momento de desacelerar os efeitos do envelhecimento no corpo.

Ginástica localizada na Academia

Existem duas opções para quem deseja praticar ginástica localizada. É possível fazer aulas específicas deste tipo nas academias, elas geralmente são ministradas para grupos grandes e incluem músicas e movimentos rítmicos. Normalmente em grupos essas aulas são boas em termos de motivação uma vez que você se sentirá mais motivada estando o junto com o grupo além de obter o apoio de outros participantes. Porém, os exercícios são iguais para todo o grupo não tendo a especificidade em cima da dificuldade de cada aluno, em um treino solo você pode fazer os exercícios de ginástica localizada para áreas do corpo que tem maior necessidade.

Ginástica localizada em Casa

Para quem gosta de conhecer novas pessoas e ter o incentivo de um professor, as aulas de ginástica localizada em academias podem ser uma boa opção. Mas sabemos que muitas vezes o tempo e outros problemas nos impedem de ir a uma academia, aproveite que este tipo de exercício não exige equipamentos e pratique em casa. Além disso é importante estudar o treino e já ter algum conhecimento prévio em uma academia para saber fazer os movimentos corretamente.

No Youtube é possível encontrar diversos vídeos com exemplos de exercícios, mas não se esqueça de aquecer e alongar.  A seguir você poderá ver alguns vídeos que vão ajudar você neste processo.

Vídeos

Pratique exercícios com responsabilidade e cuidado para evitar lesões.

Gostou do post? Compartilhe em suas redes sociais e curta nossa fan page!

Veja também:

Caminhada emagrece?

Pular corda para emagrecer

Como perder barriga

 

One Response

  1. Mary Braga 30 de June de 2015

Leave a Reply